<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=378294832364035&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog

Saiba como atingir melhores resultados extraindo o maior benefício de sua ferramenta de gestão

Por Thiago Carneiro em 21 de Agosto de 2017

PC_blog_210817.jpg

Ter um sistema de gestão que automatize os seus processos, ofereça segurança em suas informações, atenda às obrigatoriedades fiscais e que dê a visibilidade de sua empresa em tempo real para facilitar a tomada de decisão é fundamental para o sucesso de seu negócio. Isso vale para empresas de todos os portes e de diferentes setores da economia.

Ao escolher um sistema de gestão, o empresário avalia vários pontos importantes, como a aderência ao seu segmento, confiabilidade das informações, qualidade e eficiência no desempenho das operações, e a capacidade de atender o seu negócio à medida que ele evolui.

Porém, adquirir a solução que atenda às suas principais necessidades não é o suficiente para garantir o seu sucesso. A maioria das empresas esbarram em erros comuns durante e após a implantação do seu sistema de gestão.

Saiba o que atrapalha as empresas a explorarem ao máximo suas ferramentas de gestão e veja como fugir dessas armadilhas.

Utilizar apenas as funcionalidades básicas

Após o processo de implantação, é importante observar quais são as funcionalidades que não estão sendo utilizadas e que podem aumentar a eficiência de sua operação, além de trazer maior segurança aos processos do seu dia a dia.

 Customizações desnecessárias

É importante adequar os processos de sua empresa aos processos do sistema, que, em geral, seguem um modelo padrão de mercado. Evite criar processos específicos que podem aumentar o tempo e o custo do seu projeto de implantação, a não ser que a sua particularidade agregue de fato um diferencial competitivo à sua operação.

Falta de padrão nos processos

Várias pessoas realizando a mesma atividade de formas diferentes pode comprometer a eficiência de seu processo e a confiabilidade de suas informações. Evite processos manuais e controles paralelos aos do sistema.

Centralizar o conhecimento

Pessoas passam pela empresa, mas o conhecimento deve ficar. Evite centralizar o conhecimento de sua operação apenas em algumas pessoas. Disponibilize processos de capacitação contínua às suas equipes para que possam compartilhar disseminar conhecimento.

Não acompanhar a evolução do sistema de gestão

Fique atento às novidades disponibilizadas a cada versão e faça revisões contínuas em seus processos. Isso garante que sua empresa acompanhe a evolução do sistema de gestão, que segue as boas práticas de mercado.

Não analisar seus indicadores de resultado

Ter a visibilidade do desempenho de seu negócio em tempo real, extraída diretamente de seu sistema de gestão, é fundamental para uma tomada de decisão confiável, rápida e assertiva.

Opte pela contratação de profissionais homologados

O seu sistema de gestão é como seu carro. Se você não fizer as manutenções necessárias e com pessoas especializadas, que conhecem a estrutura interna e seu funcionamento, não conseguirá obter uma performance satisfatória.

O resultado desse conjunto de fatores é um baixo índice de utilização das funcionalidades do sistema de gestão pela sua empresa, com processos importantes sendo realizados de maneira manual, carregado de falhas operacionais, sem segurança e com pouca confiabilidade em suas informações gerenciais.

Com o passar do tempo, se você não tomar uma atitude, as funcionalidades subutilizadas em seus processos só irão aumentar, porque a velocidade com que o seu sistema evolui é maior que a capacidade da sua empresa absorver novas características.

Se você possui o WinThor, solicite gratuitamente a Análise de Risco e saiba como sua empresa está utilizando as funcionalidades disponíveis da ferramenta.

Categorias: Inteligência de Negócio

Thiago Carneiro - PC Sistemas
Postado por Thiago Carneiro

Gerente de Consultoria

Me encontre em:
New Call-to-action
New Call-to-action