<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=378294832364035&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Blog

Como analisar claramente o desempenho da sua empresa?

Por Thiago Carneiro em 27 de Outubro de 2017

PC_blog_271017.jpg

Existem alguns pontos importantes já conhecidos e que são obrigatórios para avaliar como sua empresa está performando:

  • Faturamento
  • Margem de Lucro
  • Ebtida
  • Dinheiro em caixa
  • Redução de despesas
  • Evolução do patrimônio
  • Receita Líquida

Todos os indicadores acima são importantes, porém, 3 são determinantes na avaliação da situação econômica e financeira da empresa. Embora tenha toda essa importância, muitas vezes eles acabam passando em branco pelo empreendedor. São eles:

Situação Financeira (Fluxo de Caixa) - Capacidade de pagamento
Posição Patrimonial (Balanço Patrimonial) - Fontes de recursos e aplicações
Geração de Resultado (DRE) - Capacidade de gerar resultado

Então, quer entender como eles se relacionam e impactam diretamente na gestão de sua empresa?

Situação Financeira (Fluxo de Caixa)
Ter mais dinheiro entrando em caixa do que saindo é fundamental para evitar que empresa busque dinheiro com os bancos. Ser financiado pela indústria ou capital da própria empresa, evita o pagamento de juros que vai comprometer as suas margens de lucratividade.

Conhecer os prazos médios de pagamento, venda e recebimento ajuda o empresário compreender quanto de dinheiro ela precisa para financiar a sua operação. Além de enxergar a previsibilidade do fluxo quando as receitas não cobrem as despesas, permitindo que o empresário busque o equilíbrio, negociando maiores prazos com os fornecedores ou antecipando receitas.

Posição Patrimonial (Balanço Patrimonial)
Os direitos de uma empresa (a aplicação de recursos) devem ser maiores que as obrigações (fontes de financiamentos). A diferença entre os dois corresponde ao valor da empresa se ele fosse encerrado na data de seu balanço (Patrimônio Líquido). A variação de seu patrimônio líquido está ligada diretamente com a capacidade de gerar resultado, ou seja, se a empresa gerar resultado negativo em período, esse valor vai impactar diretamente na redução do patrimônio líquido da empresa.

Geração de Resultado (DRE)
A DRE mostra o resultado operacional da empresa em um período do tempo.
Com o modelo abaixo é possível ter uma melhor compreensão do DRE:
( + ) Receita de Vendas
( – ) Custos
( = ) Lucro Bruto
( – ) Despesas Operacionais
( = ) Lucro Operacional
( +-) Resultado não Operacional
( = ) Lucro Antes de Impostos sobre a Renda
( – ) Impostos
( = ) Resultado Líquido ou Lucro ou Prejuízo Líquido

A capacidade de gerar resultado também sofre reflexos da capacidade de pagamento e posição patrimonial.

Avaliar como estão sendo aplicados os ativos e qual é o retorno. Essa avaliação ajudar a indicar se os investimentos em ativos têm refletido em aumento de rentabilidade.

Quanto a capacidade de pagamento, sempre que faltar dinheiro em caixa, a empresa terá que buscar nas fontes de receitas que aumentarão o custo, e consequentemente esse custo impactará no seu resultado.

Agora que você entendeu a importância de sua dessas ferramentas, não deixe de avaliar em seu sistema de gestão as informações de sua empresa.

Categorias: Inteligência de Negócio

Thiago Carneiro - PC Sistemas
Postado por Thiago Carneiro

Gerente de Consultoria

Me encontre em:
New Call-to-action
New Call-to-action